Flores

Descendentes de europeus que chegaram no Brasil a partir da segunda metade do século XIX – mais especificamente entre entre 1883 e 1932 – podem ter ouvido histórias sobre a Hospedaria da Ilha das Flores, localizada na Baía de Guanabara, no Rio de Janeiro. Nesse local eram recebidos os imigrantes que aguardavam uma oferta de emprego, os que esperavam o transporte para um emprego já garantido e também os que necessitavam de tratamento médico. A ilha propriamente dita, que anteriormente fora conhecida como de Santo Antônio, do Martins, Meruhi e Marim, deve seu nome atual ao nome de uma de suas proprietárias – Delfina Felicidade do Nascimento Flores -, que deve tê-la adquirido no início do século XIX, muito antes que o governo enxergasse seu potencial.

Leia mais

Festeiros

Ao completar 67 anos, Silvino de Azeredo reuniu em sua casa, na Rua Capitão Chaves, nº 14, um grupo expressivo de pessoas amigas da Família Azeredo e que, ao mesmo tempo, representavam, naquela comemoração festiva, algumas das principais famílias da sociedade iguaçuana da época. A foto, de 17 de junho de 1926, mostra o grupo formado durante a festa, em que não aparece o aniversariante e sua esposa, D. Filhinha, mas que nos revela um pequeno regional, todos sentados, a nos informar que o que não faltou no aniversário de Silvino de Azeredo foi música e dança. No grupo então formado, em frente à residência do fundador do Correio da Lavoura, vemos, entre os que puderam ser identificados: Toné Pereira Belém

CORREIO DA LAVOURA. Os 67 anos de Silvino de Azeredo. 20/03/2019.
Leia mais

Dicionário

O Dicionário Histórico, Corográfico, Heráldico, Biográfico, Bibliográfico, Numismático e Artístico de Esteves Pereira e Guilherme Rodrigues foi publicado em Portugal entre 1904 e 1912. A obra contém uma minuciosa descrição histórica de todas as cidades, vilas e outras povoações de Portugal continental e também das ilhas e territórios dominados por Portugal nos outros continentes.

Leia mais

GEDCOM

Por mais dedicado que seja um genealogista, é quase certo que ele encontrará obstáculos em sua pesquisa. A inexistência de documentos ou o mau estado de conservação dos que porventura existirem estão entre as causas mais comuns desses obstáculos. Mas existem casos menos graves em que, por simples desconhecimento de onde buscar documentos e pistas sobre um ramo da árvore, o pesquisador se vê perdido.

Leia mais

Indexação

A pesquisa no FamilySearch é uma estratégia corrente entre pessoas que desejam encontrar documentos para fins de obtenção de cidadania estrangeira ou de reconstrução da história familiar. Embora o sítio ofereça acesso a muitos milhões de assentos paroquiais e certidões digitalizados – além de documentos de outra natureza -, apenas aqueles que foram indexados se mostram realmente úteis para o pesquisador que desconhece os factos básicos da genealogia e os desafios da paleografia.

Leia mais