Prole

Quem se dá o trabalho de construir uma árvore genealógica logo chega à conclusão que seus antepassados foram extremamente férteis. É comum encontrar um bisavô ou trisavô que teve oito ou mais filhos – os tios-bisavós, tios-trisavós e assim por diante. O pesquisador afoito – aquele que deseja subir rapidamente nos ramos ascendentes – talvez não queira ter o trabalho exaustivo de buscar documentos, especialmente de batismo, relativos aos tais tios-bisavós e similares por não serem seus ascendentes diretos.

Leia mais

Afrodescendente

O envio de escravos africanos para a América foi, sem dúvida, um dos maiores movimentos populacionais da história e a maior emigração por mar antes da grande emigração europeia, também para as Américas, que se desenvolveu justamente na medida em que o tráfico de escravos no Atlântico conheceu seu fim. _ História da África e dos africanos – Analúcia Danilevicz Pereira, Luiz Dario Teixeira Ribeiro, Analúcia D. Pereira, Paulo F. Visentini, Luiz D. Ribeiro

Leia mais

Associações

A pesquisa genealógica deve começar dentro de casa, na busca de certidões, fotografias e na escuta das histórias passadas de geração a geração e que, embora possam conter algumas imprecisões, são valiosas pelas pistas que costumam oferecer. Em alguns momentos, a busca dentro de casa e nas casas dos parentes parece estagnar. É nesse momento que se deve começar a procurar pistas em cartórios e conservatórias e também nas bases de dados disponíveis na internet.

Leia mais