Melanização

Minha árvore materna contém ainda alguns ramos por esclarecer e um ramo já meio esclarecido que ainda apresenta um enigma: por que meu bisavô João (ca. 1848-1921) recebeu o sobrenome composto Pereira Belém se seu pai Pedro (ca. 1828 – ca. 1890) era um Gomes de Moraes? A suposição é que minha trisavó Joaquina da Leia mais… »

Theodora

Minha bisavó Theodora Maria da Conceição foi uma mulher afrodescendente, filha de Felipe Rangel e Maria Laurinda da Misericórdia – ou Maria Gaspar – e natural de Bananal de Itaguaí, hoje Seropédica, Rio de Janeiro. Como tudo mais nesse ramo de minha árvore materna, as informações têm sido encontradas com base em muita pesquisa documental, Leia mais… »

Pista

Nem sempre os resultados dos testes de genealogia genética se revelam úteis de imediato para a resolução de problemas existentes nas árvores genealógicos dos testados. E certamente a realização de um teste apenas pode não trazer nenhuma luz mesmo no longo prazo. O segredo é testar o máximo possível de parentes de diferentes graus (irmãos, Leia mais… »