Velda

Há 17 mil anos, as planícies da Europa setentrional estavam completamente desertas; toda a vida, animal e humana, estava espremida na Ucrânia, no sul da França, na Itália e na Península Ibérica. Velda, a quarta das sete filhas [de Eva], viveu no norte da Espanha nas montanhas da Cantábria, alguns quilômetros além do que é hoje o porto de Santander. _ Sykes, Brian. As Sete filhas de Eva. Editora Record, 2003.

Leia mais

Ötzi

Em 19 de setembro de 1991, um casal alemão em férias nos Alpes, entre Suíça e Itália, deparou-se com o que parecia ser um cadáver cujo tronco emergia da camada de gelo. Eles anunciaram a descoberta ao proprietário de uma estalagem, que chamou a polícia. A suposição inicial era que se tratasse da morte acidental de um montanhista ocorrido talvez há uma década, mas o que se descobriu depois foi surpreendente: o corpo descoberto teria morrido há mais de 5.000 anos e havia sido naturalmente desidratado e mumificado pelo gelo. A múmia recebeu inicialmente diversos nomes, mas, pelo fato de a descoberta ter ocorrido nos Alpes de Ötztal, ela hoje é conhecida como Ötzi.

Leia mais

Neandertal

[A paleogenética] nos ensinou que os quase-macacos evocados nas primeiras descrições de Neandertais eram na verdade homens loiros ou ruivos, de pele e olhos claros, que poderiam passar por europeus do norte. Hoje sabemos que se um Neandertal vestido pegasse o metrô conosco, poderia até passar desapercebido. _ Neandertal, nosso irmão: Uma breve história do homem – Silvana Condemi, François Savatier, Benoît Clarys e Fernando Scheibe

Leia mais

Archives

O Portal Europeu de Arquivos oferece a possibilidade de pesquisa por documentos de arquivo de diferentes países europeus bem como informação sobre os serviços de arquivo em todo o continente mediante uma consulta simples como a do Google e com a possibilidade de filtragens diversas. No momento em que este texto era escrito, o portal permitia a consulta por documentos de mais de 7000 instituições europeias.

Leia mais

Imigração

O povo brasileiro como o conhecemos hoje foi construído graças à imigração – voluntária ou involuntária – e à miscigenação. A imigração involuntária deu-se durante os primeiros anos da colônia com a chegada dos indesejáveis da corte e, logo depois, com a crescente importação de milhões de africanos capturados e escravizados. A imigração voluntária deu-se ao longo da história e, principalmente, com a transferência da corte para a América como resultado das invasões napoleônicas.

Leia mais