Variações

O pesquisador afoito e inexperiente pode ter uma impressão de verdadeiro caos ao tentar fazer sentido do sistema de aplicação dos apelidos/sobrenomes em assentos paroquiais portugueses dos séculos passados. Fora a estabilidade relativa de herança por costado – filhas herdam o apelido da mãe e filhos, do pai – havia condições intervenientes que poderiam trazer mais variação ao sistema, como a recuperação de um apelido antigo em função do recebimento de uma herança em que se obrigava o herdeiro a adotar o apelido do proprietário dos bens.

Leia mais

Salto

Existe uma complexidade no antigo sistema de nomeação português que costuma confundir os pesquisadores novatos. Se hoje a mulher casada pode receber o sobrenome/apelido do marido em substituição ao do pai, em séculos passados era costume que recebesse exclusivamente o da mãe ou da avó e os mantivesse durante a vida. Apenas os filhos homens herdavam os sobrenomes dos pais.

Leia mais