Comuns

Em texto anterior, tratei do Family Finder, ferramenta oferecida pela empresa FamilyTreeDNA para revelação da ancestralidade a partir do teste de DNA autossômico. Dentre as ferramentas inclusas no FamilyFinder existe uma que pode auxiliar na descoberta de ramos familiares que possam não ter sido evidenciados pela genealogia documental – o In Common With, que está disponível dentro do recurso Matches. Ela se revela especialmente relevante quando temos outros parentes testados pela FamilyTreeDNA, pois, nesses casos, ela informa quais de nossos matches também são matches desses parentes no mesmo ramo familiar.

A captura abaixo exibe meus matches mais próximos dentre os 277 encontrados até o momento, e o segundo deles, identificado como “Pereira Belém”, é meu primo de primeiro grau, filho de um irmão de minha mãe. O terceiro deles, identificado como “Bianco”, é uma prima de primeiro grau, filha de uma irmã de meu pai. Todos os matches exibidos depois deles podem ter relação apenas comigo, apenas comigo e “Pereira Belém”, pertencendo assim a minha família materna; ou apenas comigo e “Bianco”, pelo que seriam parentes pelo meu ramo paterno.

Matches – FamilyTreeDNA

É justamente para fazer a separação de quais matches em comum temos com os outros – no meu caso específico, a separação entre matches do ramo paterno e do ramo materno – que serve a ferramenta In Common With, destacada em laranja na captura acima. E seu uso é bem simples: basta selecionar um dos matches clicando na caixa exibida à esquerda de sua imagem e depois clicar no botão In Common With.

Na captura exibida abaixo, demonstro que selecionei como match de referência meu primo materno “Pereira Belém” – pois ele está em um ramo ainda pouco avançado de minha árvore genealógica – e cliquei no botão In Common With para que a ferramenta exibisse apenas os matches que tenho em comum com ele, ou seja, aqueles dentre meus 277 matches que são comuns apenas pelo meu ramo familiar materno.

In Common With – FamilyTreeDNA

O resultado abaixo apresenta os primos em comum entre mim e meu primo “Pereira Belém”. Observe que minha prima “Bianco” não é apresentada, pois ela pertence a meu ramo familiar paterno. Dentre os matches exibidos, apenas “Rodrigues” está mais próxima de nós por ser prima entre segundo e terceiro grau. A ferramenta sugere, então, que “Pereira Belém” e eu tenhamos ao menos um antepassado em comum com “Rodrigues” entre nossos terceiros e nossos quartos avós.

In Common With – FamilyTreeDNA

Para obter mais informações, bastaria entrar em contato com “Rodrigues” por meio do recurso do envelope. Foi exatamente o que fiz. Se ela tiver uma genealogia documental mais avançada que a minha, talvez eu consiga avançar mais nesse ramo da árvore e até descobrir quem foi nosso antepassado comum.


José Araújo é linguista e genealogista.