Correspondências

A existência de correspondências (matches) por meio de testes de DNA autossômico (atDNA) cria oportunidades para descoberta de novos ramos familiares e de encontro com tios e primos até então desconhecidos, mas essas oportunidades apenas se tornam descobertas e encontros quando fazemos contato com os tais matches.

Matches de atDNA no FamilyTreeDNA

O contato é normalmente feito pelo e-mail que informaram no sistema da empresa pela qual se fez o teste, e a mensagem de contato deve conter minimamente uma apresentação sua, informações sobre o motivo de ter enviado a mensagem, nomes completos de seus antepassados mais recentes e dados sobre as origens deles. Eis algumas sugestões para cada bloco de informações:

  • Apresentação: seu nome e local de nascimento
  • Motivo do contato: busca de parentes ou pais biológicos, pesquisa genealógica…
  • Antepassados: nomes completos e eventuais apelidos conhecidos, datas e locais relevantes (nascimento, casamento, óbito) de seus n-avós (bisavós, trisavós…)

Os textos abaixo foram enviados por mim a matches de meu teste de atDNA e servem como exemplos. Alguns nomes foram ocultados para preservar a identidade de meus interlocutores.

Olá, XXX.
Sua (acredito) parente XXX de Araújo aparece como match no FamilyFinder como 3rd Cousin – 5th Cousin, o que pode significar que temos um(a) trisavô/trisavó até um(a) pentavô/pentavó em comum.
Minha família materna é brasileira, de Itaguaí e Nova Iguaçu (RJ), e a paterna é portuguesa, de Barcos, Tabuaço, Viseu. Meu avô A.M. de Araújo chegou no Brasil em 1904.
Podemos conversar e buscar um possível parente em comum?

Olá, XXX!
Segundo o FTDNA, você é um match em comum entre mim e minha prima paterna XXX. Como o pai de XXX era italiano, nosso antepassado em comum está no lado materno dela/meu lado paterno – o casal XXX de Araújo, natural de Barcos, Tabuaço, Viseu, e J.R., natural de São Mamede de Ribatua, Alijó, Vila Real.
No costado R., o sobrenome/apelido Vieira é encontrado desde antes de 1707: Pedro Vieira, natural da freguesia de Favaios, foi meu antepassado direto de oitava geração.
Tenho algumas perguntas que poderão ajudar a encontrar nosso antepassado em comum:

(1) Quem eram XXX Vieira e XXX?
(2) Tem árvore disponível para consulta?
(3) Sua genealogia é bem documentada?

O contato com os matches é uma prática recomendável, porém é importante saber que nem todo match desejará responder sua mensagem ou responderá de imediato. Alguma demora é normal e a recusa é bastante comum, sendo uma das principais queixas feitas nos grupos do Facebook dedicados a temas relacionados à genealogia.

Para conhecer outras estratégias úteis na busca por parentes vivos, recomendo a leitura da obra Genealogia Prática: Busca por Familiares.


José Araújo é linguista e genealogista