Prudente

Em sua Genealogia Paulistana, Luiz Gonzaga da Silva Leme (1852-1919) informa que o título dos Moraes “teve princípio em Baltazar de Moraes Antas, que de Portugal passou a São Paulo onde casou com Brites Rodrigues Anes, filha de Joanne Annes Sobrinho, que de Portugal tinha vindo a esta capitania trazendo solteiras três filhas, que todas casaram com pessoas de conhecida nobreza.”

Baltazar e Brites tiveram quatro filhos: Ana, Baltazar, Isabel e Pedro, que se casou com Leonor e é meu antepassado direto. Baltazar casou-se com Inês Rodrigues, neta materna de Garcia Rodrigues e de Isabel Velho, de quem também descendo por outro ramo.

Sete gerações a partir de Baltazar e Inês encontramos o casal José Marcelino de Barros e Catarina Maria de Moraes, que teve seis filhos, entre eles Prudente, cujo assento de batismo está transcrito a seguir.

Aos vinte e nove de novembro de mil oitocentos e quarenta e um, nesta matriz batizei e pus os santos óleos a Prudente, inocente d’idade de quarenta e cinco dias, filho de José Marcelino de Barros e Catarina Maria de Moraes. Foram padrinhos Feliciano Leite [Raposo] casado, e Maria Angélica, solteira, todos desta.

Prudente graduou-se na Faculdade de Direito de São Paulo em 1863 e transferiu-se para Piracicaba, onde exerceu advocacia durante dois anos até que se casou em 1866 com Adelaide Benvinda Gordo. Nessa cidade, elegeu-se vereador e presidiu a Câmara Municipal. Foi também deputado à Assembleia Geral do Império, defendendo, além da forma republicana de governo, o abolicionismo e o federalismo.

Após a proclamação da República, em 1889, foi , também segundo Silva Leme,

eleito senador federal, e, em 1895, tornou-se o primeiro Presidente da República por eleição, em substituição ao Marechal Floriano Peixoto, que tinha assumido a presidência pela deposição do Marechal Deodoro da Fonseca.

Prudente José de Moraes Barros faleceu em Piracicaba em 3 de dezembro de 1902, deixando sete filhos. Ele foi um dos dois presidentes da república que encontrei no ramo materno de minha árvore – o outro foi Delfim Moreira (1868-1920). A título de curiosidade, apresento uma imagem animada de Prudente de Moraes, feita com o recurso Deep Nostalgia™, do site MyHeritage.

Prudente de Moraes (1841-1902) – Deep Nostalgia™

José Araújo é genealogista.